Atualize o seu departamento de vendas com o Social Selling

O perfil do típico comprador do mercado B2B mudou muito nos últimos 10 anos. O consumidor moderno é movido pelas inovações digitais, ativo nas redes sociais e hoje em dia pode contar com um leque de opções muito maior do que apenas o “boca a boca” para se informar. Dessa forma, fica fácil observar que certas práticas de vendas mais tradicionais já não geram o mesmo impacto de outrora 

O universo digital mudou as rotinas do departamento de Marketing e Vendas. Com o advento do Marketing Digital o conceito de promover relacionamento com os clientes mudou e as empresas que ainda estão presas ao modelo tradicional estão correndo um grande risco, pois o futuro já começou e quando o assunto é Vendas na era da digitalização das mídias, a expressão da vez é o Social Selling. 

O que mudou? 

Imerso nesse cenário, onde o Cold Call já é uma novidade tão relevante quanto o MSN (aquele chat de mensagens instantâneas da Microsoft), os profissionais de Vendas precisam mudar a abordagem para que não fiquem com argumentos obsoletos frente as novas táticas de atração dentro de um mercado tão competitivo. 

Mas o que é essa história de Social Selling? Partindo da tradução literal (venda social) esse novo modelo representa a geração de relacionamento com potenciais clientes por meio de redes sociais como o LinkedIn, por exemplo.  

Como fica o cenário? 

Hoje o consumidor é muito mais minucioso e difícil de agradar do que antigamente. Na chamada era da informação, o que não falta são detalhes sobre tudo e qualquer serviço, algo que os mais antenados utilizam para pesquisar e comparar informações, sempre em busca do melhor negócio. 

Segundo dados levantados pelo SalesForce 75% de compradores do mercado B2B utilizam o canal de Social Media para para pesquisar sobre o perfil de marcas e empresas antes de fechar negócio. 

Mas não adianta nada entender esse novo perfil de consumidor caso a Força de Vendas não haja nesse ecossistema digital para construir e manter um relacionamento consistente a partir de uma estratégia sólida para prospecção. 

Estratégia de Vendas 

E a grande sacada desse approach é que ele pode ser utilizado em cada uma das etapas do Funil de Vendas a partir da construção de sua buyer persona. 

Pensando nisso, é importante promover um mapeamento para entender qual é o canal mais aderente ao perfil ideal do seu consumidor para engajar o Time de Vendas 

A partir desse envolvimento é possível construir uma marca sólida e que, atrelada a uma estratégia que se apoie nos principais canais digitais do seu negócio, é possível gerar relevância e maximizar os resultados não só do seu departamento, mas sim da empresa como um todo. 

E aí, está pronto para o futuro? Ele já está acontecendo. 

Todos estes elementos são peças de um intrincado quebra-cabeça que leva à liderança no mercado: maturidade digital! Um caminho complexo leva até ela, por isso, desenvolvemos o Digital Marketing Maturity Model, conhecimento aberto e gratuito para ajudar sua marca neste processo de transformação. Conheça agora clicando no banner abaixo.

 

Sem comentários

Deixe seu comentário

Quer saber se sua empresa tem maturidade digital para competir?

SOLICITE SUA AVALIAÇÃO AGORA!