Hoje, temos muitas formas de fazer marketing com ferramentas automatizadas, como Inbound Marketing, Behavioral Marketing e até neurociência, transformando o marketing em um verdadeiro mar de siglas e termos (a gente até fez um post sobre isto com um dicionário social para você se achar). Formas diferentes de atrair pessoas e transformá-las em leads e clientes surgem muito rapidamente, sejam inteiramente inéditas ou releituras de práticas consagradas de marketing.

Na onda do modismo?

[vc_separator type=’transparent’ position=’center’ color=” thickness=’10px’ up=” down=”][vc_separator type=’transparent’ position=’center’ color=” thickness=’10px’ up=” down=”] No nosso 4º episódio do Marketingmática, vamos abordar uma questão que, talvez, todos especialistas de marketing já tenham feito: Estou realizando práticas eficientes ou apenas seguindo a onda dos demais? Claro que a eficiência das práticas pode ser medida nos nossos relatórios, mas deixar esta onda que nos carrega é realmente a evolução natural do marketing que vai nos levar à ilha do tesouro? Ou ela apenas tem força passageira que vai desaguar em lugar nenhum? Acompanhe o vídeo que conta com a participação do CEO e fundador da Prise, Jeferson Durand comentando sobre o assunto. [vc_video link=’https://www.youtube.com/watch?v=bYPZKJzeRfA’]