Conforme comentei em nossa última publicação, da série de Geração de Leads, falo agora sobre Call-to-action (CTA).

Como já diz o título deste post, sua CTA deve ser clara quanto a oferta que ele está promovendo. Frequentemente, os profissionais de marketing buscam mais a esperteza para a persuasão do que na clareza. Seja claro como água, sobre qual oferta está na sua CTA. E mais: seja específico. Se você está dando um guia grátis, diga “Baixe nosso guia para X GRÁTIS”. Se você está organizando um webinar grátis, diga “Inscreva-se para nosso webinar sobre X GRÁTIS”.  O ”X” deve transmitir claramente um benefício convincente de receber a oferta.

Isso é muito mais eficaz do que “baixe agora” ou “receba um artigo grátis”, pois estas expressões não são específicas o suficiente para promover o interesse. Estratégias do tipo “clique e descubra” fazem sentido para mídia sensacionalista e não para uma ação focada na dor do usuário.

Abaixo, temos um exemplo CTA, que promove um e-book gratuito, há pouco texto no CTA e um botão, o que indica que ele pode ser clicado.