Problema:

Tendo participado de outras iniciativas semelhantes junto a Fundação Bienal de São Paulo, o Grupo Conectt a apoiou na estruturação e desenvolvimento do Site da 30ª Bienal de São Paulo, criando novos recursos e aproveitando recursos da plataforma de portal (Sharepoint Server 2010) onde foram construídos o site da edição anterior, a 29ª Bienal, e o próprio portal da Fundação, o www.bienal.org.br.
O novo site deveria oferecer fluidez ao publico durante sua navegação de forma a transportá-lo para o universo real do evento, além de permitir que seus interesses sejam facilmente identificados e compartilhados com quem deseja.Solução:
A solução desenvolvida para a Fundação Bienal teve como ponto de partida a taxonomia usada no site do evento anterior, a 29ª Bienal. Expandimos a árvore de termos contextualizados aos conceitos definidos para a 30ª Bienal, criando um novo vocabulário de termos e estrutura relacional de conteúdos (artista x obra x vídeos x fotos x blogs x programação) que foram a base para a criação do Site Map do novo site.
Em busca de uma boa experiência de uso do site pelo publico da 30º Bienal, foram desenvolvidas as estruturas de interfaces de todo o site, nas quais foram estabelecidos os conteúdos de destaques, sistema de navegação, a disposição das informações e funcionalidades que fariam parte do novo site.
Dois grandes pontos de destaque na etapa de desenvolvimento do projeto foram a criação da Constelação de Artistas e da nova interface de publicação de conteúdos na plataforma Sharepoint 2010, as quais permitiram grande aderência às características e dinâmica do evento.
Além disso, disponibilizamos à Fundação Bienal um Agregador de Conteúdos que permite a organização de conteúdos sobre a 30ª Bienal, a partir de tags específicas, gerados nas mídias sociais (Facebook, Twitter, YouTube, Flicker e Blogs) para que os usuários do site possam consumi-las de forma dinâmica e imediata.
Um trabalho de Call to Action foi inserido ao escopo do projeto, no qual estabelecemos um processo de engajamento a fim de obter o reconhecimento da Equipe Bienal da existência do ecossistema que permeia o evento. O trabalho consistiu na criação, implantação e gestão de estratégias de monitoramento e mobilização de usuários nas mídias sociais em torno do evento da 30ª Bienal, onde apoiamos a articulação de processos e ferramentas digitais.
Benefícios:
• Estabelecimento de relacionamento entre todos os conteúdos do site;
• Aprimoramento do processo de busca de conteúdos oferecendo filtros pelos campos de interesse do usuário (obra, artista, conteúdo, vídeos, fotos, noticias e eventos/programação);
• Disponibilização de conteúdos gerados pelas principais redes sociais, de forma organizada, filtrada e dinâmica;
• Flexibilidade de ajuste e redirecionamento de ações de acordo com os feedbacks monitorados nas mídias sociais;
• Definição e criação de conteúdo e linguagem mais adequada para gerar mobilização e orientação com os seus públicos;
• Engajamento do publico na geração de conteúdo e ações em torno da 30ª Bienal de São Paulo;
• Estabelecimento de relacionamento com formadores de opinião na Web, para criação de uma “rede” de distribuidores de conteúdo, divulgadores e promotores da marca;
• Construção de um mapa de formadores de opinião (hubs) que possa ser reutilizado em outros eventos da Fundação Bienal;
• Monitoramento dos sentimentos e opiniões sobre a Bienal nas Mídias Sociais;
• Identificação das manifestações do público durante o evento de forma estruturada e ativa;